Author: admin

Oioi, gente! Tudo bem por aí? Aqui é Camila Freitas e estou de volta para te dar dicas de livros!

Eu amo ler! A M O! É uma coisa que me traz paz, me leva pra outro mundo, me traz conhecimento e me faz ser uma pessoa melhor. Mesmo com faculdade, TCC, estágio e vida social, eu sempre paro um tempinho do meu dia pra ler. Nós trabalhamos tanto pra conseguir o que queremos, que às vezes precisamos nos dar um tempinho e curtir um livrinho.

Pensando nisso, eu trouxe alguns livros que transmitem esse sentimento de querer ser uma pessoa melhor no dia a dia (em casa, no trabalho, na VIDA) e de olhar com mais carinho pra si.

1 – SEJA FODA! – Caio Carneiro:

Nesse livro Caio vai te ensinar passos para você ir atrás  do seu objetivo. Vai te mostrar quais são os comportamentos e atitudes necessárias para chegar aonde quer e para conquistar resultados incríveis em todas as áreas da sua vida. Você não pode limitar seu sonho e sim buscar maneiras de torna-los realidade. É um livro que vai te dar ânimo e confiança para seguir seu caminho e que vai olhar na sua cara e gritar SEJA FODA! Você vai terminar esse livro com pensamentos, atitudes, convicções e comportamentos para ser uma pessoa muito foda.

“Quando você tem coragem de dizer “Agora chega!”, você dá o primeiro passo para tornar-se foda.”

2 – A Sutil Arte de Ligar o F*da-se – Mark Manson

Mark vai te dar um banho de água fria. Ele vai te dizer verdades difíceis de serem lidas, como por exemplo “você não é especial”, e é por conta desse jeito verdadeiro que o livro vai te inspirar. O livro ele quer se mostrar o contrário do auto-ajuda tradicional, mas acaba sendo um dos melhores livros da categoria (não é à toa que fez tanto sucesso). Mark Manson usa várias formas “negativas” para te fazer refletir. Ele usa frases como “a felicidade é um problema” para mostrar que nem todos os momentos da sua vida serão felizes e que não é porque a felicidade é uma coisa muito boa, que você deve menosprezar os momentos ruins. O livro vai te mostrar como simplesmente ligar o f*da-se para coisas que você acha que importa, mas que se você parar pra pensar: não é tão importante assim. Mark vai te ajudar a rever seus conceitos sobre felicidade, prioridade, sentimentos e te ensinar a olhar para o que você tem com mais afeto.

“Se eu lhe perguntar o que você quer da vida e você disser algo como “quero ser feliz, ter uma família maravilhosa e um emprego que eu goste”, essa é uma resposta tão comum e previsível que não significa nada. Todo mundo gosta do que é bom… Uma pergunta mais interessante, que a maioria das pessoas nunca considera, é: “Qual dor você quer na vida? Pelo que você está disposto a lutar?” Porque isso é muito mais determinante na definição do seu futuro.”
“O que nos faz feliz hoje não nos fará feliz amanhã, porque nossa biologia sempre vai demandar algo mais. A fixação pela felicidade inevitavelmente nos leva a uma busca incessante por “outra coisa” – uma casa nova, um relacionamento novo, mais um filho, mais um aumento. E, apesar de todo o nosso esforço, acabamos nos sentindo do mesmo jeito que no começo: insuficientes.” 

3 – Você é Insubstituível – Augusto Cury

O titulo do livro já diz tudo! Em pouquíssimas páginas Augusto Cury vai te mostrar que você é quem você é pelas coisas que você viveu e que isso faz de você uma pessoa única. O livro vai te inspirar a ter amor pela vida: pela sua e por outras vidas. No resumo, o livro conta a sua biografia… Como você nasceu, como você lutou pra chegar aonde está e as loucuras que você cometeu para poder estar vivo. Vai te dar ânimo pra seguir em frente e mostrar que tudo faz sentido.

“Você faz faxina em seu escritório, em sua bolsa, em sua casa, mas não faz uma faxina em tudo o que perturba a sua alma. Você não desliga sua mente, não gerencia seus pensamentos e vive fazendo o velório antes do morto. O que significa isso? Significa sofrer por antecipação, viver problemas que ainda não ocorreram e que talvez nem ocorram… A vida é bela e delicada. Cuide carinhosamente dela.”

4 – #Girlboss – Sophia Amoruso

Esse é para as Girls que querem se tornar donas do seu próprio negócio, mas também para quem quer se organizar melhor! Sophia vai te mostrar como ela começou do NADA e como não tinha nada e quase ninguém para ajuda-la. Tudo foi tão incomum que a CEO do site Nasty Gal vem através desse livro te falar que NÃO DESISTA, as coisas acontecem! Em 11 capítulos você vai aprender como começar a ser uma girlboss, através das experiências de Sophia e das dicas que ela vai dando. E capítulos como “O dinheiro fica melhor no banco do que nos seus pés” vão te dar um help para acordar pra vida e começar o que você tanto deseja (seja ter um negócio ou apenas aprender a economizar).

“O mundo adora lhe dizer como as coisas são difíceis e o mundo não está exagerando. E isso é um saco mesmo. Mas, aqui vai a real: Você não pode ter tudo, e nada vem fácil. Você vai fazer sacrifícios e abrir mão de certas coisas, vai se decepcionar e decepcionar outras pessoas, falhar e começar de novo, fazer algumas sofrerem e esbravejar com outras, e aprender a retomar e continuar quando alguém fizer você sofrer. Mas difícil não significa impossível, e das trocentas coisas do universo que você não pode controlar, o que você pode controlar é com que insistência vai tentar e se, ou quando, vai encerrar a questão.”
“Compita consigo mesma, não com os outros. Julgue a si mesma com base no que você tem de melhor e você realizará mais do que jamais poderia ter sonhado. A vida não para pra ninguém, então prossiga.”

5 – Estúpida, eu? – Camila Coutinho

Ícone da moda e criadora do Garotas Estúpidas, primeiro blog de moda do Brasil, Camila Coutinho transformou o que era um hobby em sua profissão. Se você trabalha no meio digital, esse livro além de te inspirar vai te dar ótimas dicas de como otimizar seu trabalho. Você vai aprender nesse livro que vergonha não tem vez, tem que se jogar mesmo! Camila mostra que em algumas situações ela teve que engolir a timidez, ir atrás do que queria e que ser cara de pau às vezes vale muito. O livro vai te mostrar que planejamento não só é importante, como é essencial e que mesmo assim surgirão problemas, mas não parar diante deles é o que importa. Além de contar as coisas que ela viveu e como conseguiu conquistar seu lugar no mundo da moda, a partir disso ela dá dicas de carreira, networking e empreendedorismo.

“Quando todos começam a seguir o mesmo padrão, não há como evitar: fica chato! Aí o diferente volta a se destacar. Mais do que nunca é necessário se soltar, substituir o impecável pelo único e deixar a personalidade liderar a pauta, em qualquer que seja a rede social – o que é mais difícil do que parece, afinal seguir fórmulas pré-aprovadas é mais seguro do que se exibir totalmente #nofilter para o mundo.”

E aí, gostaram? Cada livro tem um jeitinho especial de te mostrar que você deve ser você e mais ninguém. Vivemos na era da conexão, do online, onde vemos muito a vida do outro e deixamos de olhar um pouco pra nossa (a grama do vizinho sempre parece mais verde, né?). É importante você se ter como meta, priorizar seus sonhos e ter em mente que se esforçando a gente chega lá, mas que o que temos AGORA é fruto do quanto lutamos e precisamos olhar com mais carinho para isso. Como vocês já devem ter aprendido com nossa Boss, Thyza Ferreira que é uma grande admiradora de Mário Sergio Cortella, lembrem-se sempre “Faça o teu melhor, na condição que você tem, enquanto você não tem condições melhores, para fazer melhor ainda!“.

É isso! Lembrando que: aceitamos sugestões de pautas, ein?! Até a próxima! 🙂

Camila Freitas – @ncamilafreitass

 


Olá vocês de novo!

Sabe aqueles dias de bloqueio criativo? Rolou esses dias por aqui. E quando acontece, gosto de sair da zona de conforto e fazer algo que não faço diariamente, mas gosto. Eis que decidi fazer um wallpaper e agora vou compartilhar com vocês.

Cacei pastas antigas pra achar um foto bacana, peguei papel e piloto (meio falhando, em que a estética fica mais vintage e eu amo) e comecei a rabiscar. Daí que lembrei dessa música e achei que super combinaria esse trecho com a foto! Então tudo no wallpaper é exclusivo viu? Cês não vão encontrar outro igual por aí. Minha foto, minha letra, feito com muito carinho!

Agora é só baixar e usar no computador ou no celular!

Download: 1920×1440 | 1680×1050 | 1440×900 | 1366×768 | Celular

Para descobrir a resolução do seu computador é só ir na área de trabalho, clicar com o botão direito do mouse e ir na opção “Configurações de exibição”. 😉

Ah, podem deixar sugestões para próximas pautas e até breve!

Beijos,

Camila Damásio – @miladamasio
Designer, fotógrafa e social media

Olá, você aí do outro lado! =)

Eu me chamo Matheus Lisboa e aqui na DoisF sou da área de criação (idealizo parte dos cards dos nossos clientes, inclusive as artes da própria agência) e também sou social media (cuido da programação e interação de algumas outras contas nas redes sociais). Comecei como estagiário, quando ainda era graduando, e já estou na agência há 3 anos.

Hoje eu vim falar com vocês sobre dois termos muito usados em nossa área de atuação e comumente atrelados um ao outro como sinônimos. Mas o negócio não é bem assim: digital e online não são a mesma coisa.

Vamos deixar de enrolação e esclarecer logo isso. A Mídia Online é aquela presente em um blog, site ou veículo publicitário, no qual existe um espaço para anúncios de promoção de vendas de produtos ou serviços. E aí temos uma gama imensa de formatos. Algumas das mais utilizadas são:

– Links Patrocinados: é a utilização de palavras-chave que colocam o anúncio de forma estratégica na plataforma Google Adwords ou Yahoo Search Marketing e redirecionam o usuário a determinado blog ou site.

– Vídeos: são anúncios incorporados em plataformas como o YouTube, ou em redes sociais, como o Instagram Story;

– Banners: são as peças publicitárias publicadas em sites e blogs, que podem ser interativos ou não, para promover ou divulgar produtos ou serviços.

Assim como existe a Mídia Online, há também a Mídia Tradicional, que são os espaços publicitários da TV, rádio, jornal, revistas, outdoor, dentre outros meios de comunicação mais antigos.

Já a Mídia Digital é caracterizada por apresentar sua comunicação por canais interativos, como TV’s de consultórios médicos, painéis de supermercados ou displays de LED (que podem aparecer em outdoors ou mobiliários urbanos, que são meios tradicionais).

Deu pra entender? O online tem a ver com a internet, tá sempre ligado à rede. Já o digital não necessariamente precisa estar conectado, mas necessita de um formato interativo. Ou seja: toda Mídia Online é digital, mas nem toda Mídia Digital está online.

Pronto, pessoal! O papo foi breve, mas deu pra esclarecer esta dúvida, né?! Semana que vem tem outro post aqui no blog. Não deixem de conferir.

Até mais,

Matheus Lisboa – @matheus_slisboa.

 

Oláaa! 🙂 Tudo bom?! Me chamo Carlos Diniz e sou estagiário de Social Media da Agência DoisF e sou um dos responsáveis pelas redes sociais de nossos clientes! 🙂

A Agência DoisF além de ser uma agência totalmente digital, é uma agência que tem foco no Marketing Digital; e é sobre isso que vou falar aqui hoje.

Você sabe o que é o Marketing Digital?

Vamos lá… O Marketing Digital é “o conjunto de atividades que uma empresa (ou pessoa) executa online com o objetivo de atrair novos negócios, criar relacionamentos e desenvolver uma identidade de marca.”

Dessa forma, é possível dizer que, o marketing digital é uma reunião de estratégias com o intuito de identificação, como também, de satisfação das necessidades dos clientes/consumidores, mas tudo isso sendo realizado de forma online.

É importante lembrar que, não restam dúvidas sobre a utilidade e o alto crescimento do marketing digital nos próximos anos. Já tem tempo que a internet deixou de ser uma simples ferramenta para se tornar um meio de informação e comunicação de uma empresa, como também, na divulgação de seus serviços/produtos, ou seja, a internet é uma ferramenta predominante na comunicação digital com o público.

O marketing digital não necessariamente é uma “exclusividade” de empresas que oferecem o serviço de negócios online, sites ou blogs, como também é fortemente utilizado para promover as empresas físicas que utilizam as plataformas digitais para divulgar seus produtos/serviços.

Sendo assim, o marketing digital funciona de uma forma mútua, tanto da empresa que comunica, informa, divulga e o consumidor/cliente que recebe toda essa informação, como do consumidor/cliente que vai atrás dessa informação. Ou seja, trata-se de um processo social, é algo que depende do acordo entre duas pessoas dentro de um contexto.

Então, quando uma determinada empresa decide realizar ações que envolvem o marketing digital a fim de aumentar a rede, a corporação, como também, o fortalecimento da marca em si e a realização do crescimento de vendas; todos esses, são objetivos em que o marketing digital é uma importante ferramenta para alcançá-los.

Então já foi possível perceber como e quanto o meio digital mudou a maneira de fazer marketing e desse modo, para melhor, não é mesmo? Toda mudança tanto para empresas quanto para os clientes/consumidores. É claro que, existem diversas vantagens que podem representar interesse para ambos, além de estreitar as relações entre o público e a empresa. Então, eu separei alguns objetivos específicos do marketing digital para vocês entenderem de forma mais resumida:

~ Criar e construir boas relações com consumidores e parceiros;

~ Acompanhamento na gestão de Mídias Sociais, como alcance, engajamento do público, etc;

~ Desenvolvimento das melhores ofertas para o mercado consumidor;

~ Construção e manutenção de blog e/ou site;

~ Elaboração e produção de materiais visuais;

~ Possibilidade de vender mais, dessa forma, podendo ocorrer a fidelização dos clientes com aquela marca;

~ Aumento e crescimento da visibilidade de marcas, produtos e serviços;

~ Desenvolvimento e melhoraria na comunicação com o objetivo de fortalecer a marca.

Após toda essa contextualização do Marketing Digital, é possível dizer que existem diversos fatores que envolvem todo esse processo digital. Mas, ainda assim, o maior diferencial do marketing digital é estar diretamente ligado com a relação da empresa com o consumidor/cliente.

Sendo assim, é possível concluir que o Marketing Digital gera valor através da produção de conteúdo de qualidade, seja o seu cliente o consumidor final ou outras empresas.

DICA: 

Apostar no Marketing Digital é a garantia de sucesso do seu empreendimento, seja ele online ou não.

E aí, conseguiu entender e aprender alguma coisa sobre o Marketing Digital? Gostou do assunto? Espero que sim! 😀

Podem deixar sugestões de assuntos que vocês têm interesse para próximas pautas daqui do nosso blog e até breve!

 

Beijos! <3

Carlos Diniz – @cafdiniz

0

Oioi, gente! Tudo bem por aí? Meu nome é Camila Freitas e sou estagiária de Social Media aqui na DoisF!

Vocês sabiam que somos uma agência 100% digital? Isso quer dizer que toda nossa equipe trabalha home office = todos nós trabalhamos em casa. O que é ótimo, né?! Tem coisa melhor que estar no seu aconchego fazendo coisas que você curte? NÃAO! Mas por conta de estarmos em casa, é preciso ter uma organização e disciplina pra não deixar as coisas saírem do eixo.

Hoje eu vim trazer pra vocês dicas de como se organizar. São coisas que funcionam comigo, mas cada um da equipe tem sua forma de organização, assim como vocês devem ter.

~ AGENDA:

Eu acho que uma das coisas fundamentais é ter uma agenda. Seja ela digital ou manual. Eu prefiro o modo antigo: papel e caneta na mão. Atualmente eu funciono com duas agendas: uma pessoal, onde eu anoto tudo sobre meu dia e as coisas que preciso fazer/comprar, e uma só pra anotar as coisas da agência: posts programados, os que precisam programar, dados dos clientes, dados das mídias sociais, horários para postar stories, dia de editorial, reuniões… E por aí vai.

Eu atualizo minhas agendas em três momentos do dia: manhã, tarde e noite. E aí vou conseguindo ticar o que consegui realizar e o que preciso fazer no próximo dia. É bom também porque você acaba vendo o que é preciso entregar com mais urgência.

Dica: o pinterest tem um montão de fotos legais pra você se inspirar e fazer sua agenda! Também vale planners e calendários de parede (tem vários disponíveis na internet pra baixar e imprimir).

~ HORÁRIOS:

Apesar de termos um atendimento full time (o tempo todo), é preciso estipular alguns horários. Se você não se organizar, pode acontecer de perder muito tempo do seu dia que você poderia ter aproveitado muito mais se focasse em um horário certo. Afinal, não é porque você tá em casa que vai deixar tudo pra fazer em cima da hora, né? Existem coisas que precisam ser entregues no prazo. E estipulando um momento do seu dia, mesmo estando em casa, você se compromete a fazer as coisas no horário que você designou.

Como eu estudo pela manhã, quando eu chego em casa faço meus afazeres e tiro de 13:30 as 18:30 (com pausa pra descanso, brincar com meus gatos, molhar minhas plantas) pra fazer tudo da agência: criar stories dos próximos dias, programas postagens e etc. E durante o dia inteiro entro pra responder clientes, subir os stories e estar a disposição para o que precisarem.

OBS: Não esqueça de ter horário pra se alimentar também. Uma má alimentação resulta em pouco empenho/disposição e muito estresse…

~ MONTE O SEU HOME OFFICE:

Home office em português quer dizer: escritório em casa. Tenha seu lugar! Essa ideia de pegar o notebook e deitar na cama ou sentar no sofá, pra mim não funciona. Você ter sua própria mesa com sua cadeira é bem melhor. Então é legal montar um lugarzinho aconchegante pra passar seu tempo.

Dica minha: tenha sempre na sua mesa uma garrafa com aguá, docinhos, post-it, canetas, agenda e coisas que te fazem bem. Na minha mesa, por exemplo, eu deixo tudo isso e atrás do meu notebook tem um painel com fotos ou coisas que me remetem momentos bons e ainda coloco uma plantinha na mesa, porque é uma coisa que eu amo e deixa o local super agradável.

Então é isso, gente! Essas são algumas das coisas que funcionam comigo pra manter tudo organizadinho. Lógico que existem momentos que acaba surgindo uma coisa ou outra, urgências fora de casa… Mas você tentar fazer uma rotina é uma das melhores coisas. Afinal, as vezes bate aquele soninho de tarde e a cama tá tão pertinho… Mas é preciso ter comprometimento e foco! Vocês conseguem!

Vamos trocar figurinhas? Conta pra gente alguma dica sua que super te ajuda a se organizar! E, lembrando, aceitamos sugestões de pauta! 🙂

Beijos!

Camila Freitas – @ncamilafreitass

Oi gente! Meu nome é Camila Damásio, sou designer/fotógrafa/social media na Dois F e a partir de hoje teremos posts semanais aqui no blog hein? Cada semana um membro da equipe fará um post. Fiquem ligados!

Hoje vim mostrar pra vocês algumas fontes que eu gosto e que podem agregar no seu material. Esqueça as fontes que já vem no sistema para fugir do óbvio, combinado?

Todas são grátis! Basta clicar em cima da imagem da fonte desejada para baixar.

Não sabe instalar? Não se preocupe, é bem simples: Abra o arquivo e clique no botão “Instalar” no canto superior esquerdo. Se quiser instalar várias de vez, selecione todos os arquivos, clique em cima com o botão direito do mouse e clique em “Instalar”. Depois é só abrir o programa que deseja utilizar e pronto!

Gostaram das indicações? Podem deixar sugestões para próximas pautas e até breve!

Beijos,
Camila.

O ano está começando e você, profissional de marketing, deve estar traçando seu plano de ação para 2016, certamente revendo acertos e erros e tentando antecipar os destaques do próximo ano. Para ajudá-lo, listo abaixo insights sobre as principais tendências de marketing de 2015 e 2016.
 more

Conquistar seguidores relevantes de maneira orgânica no Instagram é mais fácil do que no Facebook, por diversas características inerentes à rede de fotos que tornam algumas práticas mais efetivas e simples de ser realizadas. Entenda algumas estratégias:

 more

No Brasil, o público das redes sociais é jovem. Um estudo realizado pela Experian Marketing Services em novembro de 2014 aponta que mais da metade (54%) dos usuários de social media do País tem idade entre 18 a 24 anos.

 more

Confira os 10 fatos importantes sobre marketing digital da semana passada, reunidos pelo AdWeek:
1. Em 2018, empresas destinarão 11,7% de seus budgets para analytics, de acordo com pesquisa da Duke University com 288 CMOs.

 more